Um Ex No Seu Casamento

Se você conserva uma boa relação com algum dos seus ex-namorados e deseja que um deles esteja presente no dia mais feliz de sua vida, deve levar em conta essas dicas para que a sua presença não se converta em um problema para o seu noivo.

Vejamos pessoal, não é comum, mas pode ocorrer a sua parceira mantenha uma boa relação com o seu ex. Menos comum é que deseje convidá-lo para o seu casamento, mas pode acontecer. E, no nosso modo de ver as coisas, você deve aceitá-lo se é importante para ela. Agora dizemos a vocês: sem abordar se é mais ou menos conveniente a presença de um ex-namorado em seu casamento (podemos abordar isso em outro artigo), aqui deixamos algumas dicas sobre o que você pode e o que não deve fazer se o seu ex-namorado está na lista de convidados.

O que fazer: A primeira coisa: que ele venha acompanhado. Assim não se sentirá sozinho nem será o centro de todos os olhares, especialmente das amizades comuns. Dois: cumprimente-o como a qualquer outro convidado e apresente-o, se for o caso, como um velho amigo (ou como o pai dos seus filhos, se for o caso). Três: obviamente, sente-o em uma mesa onde o restante dos comensais o conheça. E quatro: quando você passar para cumprimentar os convidados mesa por mesa, não fale mais com ele do que falaria com qualquer outro convidado. Lógico, certo?

Bem, o que não fazer: É senso comum. Não dance com o seu ex: o seu marido pode ficar chateado (com razão) e, além disso, gerará comentários nada agradáveis em um dia tão marcante quanto o do seu casamento. Não permita que o seu ex, se está solteiro, pegue a sua liga quando você a tirar (fale com ele com alguns dias de antecedência e evite, assim, estranhas coincidências). Não o apresente como “seu ex”. Não interessa a ninguém, muito menos a você, desenterrar o passado. E finalmente fique de olho no álcool. Se você beber mais do que o normal, você pode dizer ou fazer coisas que não diria nem faria se você estivesse sóbria.