Se você procura uma lua de mel diferente hoje sugerimos percorrer a costa da Califórnia, de Los Angeles até San Francisco. E para que a experiência seja ainda melhor não hesite em fazê-lo a bordo de um genuíno carro americano.

Se você gosta de estrada e viagens aéreas a proposta de lua de mel que te trazemos hoje certamente te encantará. Imagine dirigir um Cadillac, enquanto você percorre ao redor da Califórnia State Route 1, a estrada que vai do norte para o sul ao longo da costa da Califórnia. Definitivamente, uma grande aventura te espera.

A Califórnia é o terceiro maior estado dos Estados Unidos, possui um clima muito agradável, com verões quentes e invernos não muito frios. A melhor época para visitá-la é durante o verão, embora geralmente esteja saturada com turistas. A primavera é perfeita para visitar os desertos do sul, e no outono é ideal para desfrutar dos vinhedos do norte. Mas de qualquer forma, estes são os lugares que você não pode deixar de visitar:

Los Angeles. Começamos nossa jornada na cidade de Los Angeles, a maior cidade da Califórnia e, certamente, uma das mais famosas. Será um verdadeiro luxo percorrer as ruas de Beverlly Hills, observar suas mansões e se sentir o protagonista de algumas das suas séries ou filmes favoritos. E falando sobre filmes, você não pode para Los Angeles sem visitar Hollywood, alguns de seus famosos estúdios de cinema, e andar na calçada da fama, especialmente sobre o trecho situado entre o Teatro Kodak e teatro chinês de Grauman, e procurar as estrelas e os passos dos seus artistas favoritos.

Santa Barbara. De Los Angeles vamos dirigir para o norte e paramos em Santa Barbara. Trata-se de uma típica cidade californiana, com maravilhosas e exóticas praias e suas áreas montanhosas.

Famosa por ter dado o seu nome a uma novela dos anos 80, Santa Barbara é uma cidade de estilo colonial espanhol. Não deixe de visitar A Missão de Santa Barbara e Palácio de Justiça, grandes exemplos da arquitetura colonial espanhola. E se você é um amante do vinho não pode deixar de ir para área vinícola de Santa Ynez e visitar algumas de suas adegas para provar o famoso vinho californiano. E para arrematar a sua visita nada melhor do que um passeio de barco para observar as baleias.

Castelo Corações. Continuando nossa rota até o norte encontramos o Castelo de Corações, próximo da cidade de San Simeon. Embora pareça um parque temático na realidade trata-se de uma mansão construída no início do século passado, pelo magnata da imprensa sensacionalista William Randolph Hearts. Composto por diferentes edifícios, jardins e piscina, o Castelo Corações combina estilos arquitetônicos de diferentes épocas, de fato, podemos encontrar elementos da Grécia Antiga e outros do gótico ou renascentista. Definitivamente um lugar que merece ser visitado.

Monterey. Nossa próxima parada, antes de chegar a San Francisco, será a área da baía e a península de Monterey. Aqui você pode visitar a reserva natural de 17 Mile Drive, onde é possível ver numerosas colônias de leões marinhos. Depois, não hesite em se dirigir para a Doca dos Pescadores e subir a bordo de um dos barcos para um passeio entre as baleias e os golfinhos. E você não pode ir embora de Monterey sem visitar a encantadora e boêmia cidade de Carmel by the Sea, fundada por uma comunidade de artistas e pintores.

San Francisco. E finalizaremos a nossa rota na famosa cidade de San Francisco. Lá você não pode deixar de visitar o Golden Gate, o emblema da cidade e uma das mais longas pontes suspensas do mundo. Tampouco perca uma visita a antiga prisão de Alcatraz, será uma aventura inesquecível. E, finalmente, não deixe de subir até o topo de Twin Peaks, que deu nome à lendária série dos anos 90 e de onde você terá uma fabulosa vista sobre a cidade de San Francisco.

Se você é um fumante deve lembrar que é proibido fumar em prédios públicos e espaços fechados, a menos de 6 metros dos edifícios governamentais e em muitas praias, inclusive em algumas cidades, como San Diego, é proibido fumar em todos os espaços públicos. Antes de acender um cigarro, lembre-se bem dos sinais, e em caso de dúvida é melhor perguntar.