Se você procura uma lua de mel exótica e cheia de contrastes, a Jordânia pode ser o destino perfeito para você. Hoje revelamos tudo o que te espera neste fabuloso país.

Grandes desertos, jóias arquitetônicas, águas relaxantes… São muitas as atrações que te esperam na Jordânia, um país cheio de contrastes e exotismo, com uma beleza cativante que te pegará desde o princípio.

Seu clima é quente e os jordanianos afirmam ter um tempo ensolarado e de desfrutar de uma temperatura agradável durante todo o ano. A Primavera e o Outono são ligeiramente mais frescos, e é precisamente na primavera, quando se localiza a estação das chuvas. No verão os dias são longos e ensolarados e as noites quentes, perfeitas para desfrutar de um belo pôr do sol. No inverno, a temperatura permanece agradável, exceto nos desertos onde faz frio. No entanto, é uma boa época para visitar o Mar Morto e Aqaba, cujas temperaturas sempre são mais quentes.

Esta é a rota que sugerimos:

Amã. Começamos a nossa lua de mel na capital da Jordânia, Amã. Trata-se de uma cidade cosmopolita que combina com maestria os traços do mundo antigo com o melhor do mundo moderno. Está estrategicamente localizada em um conjunto de colinas, entre o deserto e o fértil Vale do Jordão. No centro comercial da cidade convivem modernos hotéis, boutiques e galerias de arte, com cafeterias tradicionais e oficinas de artesanato. Mas se você quiser ver a autêntica essência da cidade, não deixe de visitar o seu centro histórico e passear por suas souks.

Petra. A visita a Petra é mais do que obrigatória, não em vão é considerada a oitava maravilha do mundo antigo. Trata-se de uma antiga cidade esculpida em rocha pelos natabeos, uma tribo árabe que se estabeleceu na região mais de dois mil anos atrás. Petra era um enclave privilegiado que unia diferentes rotas de comércio, como a de seda e de especiarias. Para visitar por completo toda a cidade de Petra você precisará de 4 a 5 dias. Recomendamos ir com roupa e calçado confortáveis e que você seja madrugador, pois o melhor momento para visitar a cidade é desde a primeira hora da manhã até o meio da manhã ou na última hora da tarde. Nesses momentos é quando você encontrará a melhor luz para fotografar.

O Mar Morto. No Vale do Rift, a 400 metros abaixo do nível do mar nos espera o Mar Morto. Sem dúvida, você desfrutará de uma das mais belas paisagens, de tirar o fôlego e dramática no mundo.

Trata-se do ponto mais baixo da face da terra, e é o destino final de muitos rios, entre eles o Jordão. Lá você pode deixar o tempo parar e relaxar enquanto flutua em suas águas, que contêm 10% mais sais do que qualquer outro mar. Também é possível se impregnar em suas arenas, cheias de ricas propriedades para a pele. Além disso, você vai encontrar um monte de spas e centros de saúde e bem-estar. Definitivamente a melhor maneira de terminar a sua lua de mel.

Finalmente, lembramos que o Ramadã é o mês sagrado para os muçulmanos, por isso pode não ser o melhor momento para visitar a Jordânia. Durante o Ramadã é proibida a venda de álcool, assim como comer, beber e fumar em público durante o dia, e embora estas normas devam ser cumpridas pela comunidade muçulmana, os visitantes são convidados a cumprir também para mostrar respeito. As datas do Ramadã são regidas pelo calendário lunar islâmico, mas geralmente coincidem com o nosso verão. Em 2014 o Ramadã terá lugar entre 28 de junho e 28 de julho.