Cada vez são mais as noivas que depois do casamento tomam a decisão de vender o seu vestido. Aqui estão cinco dicas que te ajudarão se você tiver isso em mente.

O vestido de noiva é um grande investimento e, em muitos casos, após o casamento temos que guardá-lo e às vezes ocupa muito espaço, outras vezes, o simples fato de saber que você não vai voltar a usá-lo te faz pensar que talvez alguém possa fazê-lo. Se você tomou a grande decisão de vender o seu vestido após o casamento, considere estas dicas.

  • Faça com que atraia o olhar, ou seja, que as futuras noivas que o vejam se imaginem nele. Uma foto pendurada em um cabide ou sobre uma cama e, claro, algumas de vocês usando para que vejam como fica.
  • Que as fotos sejam boas, que estejam bem feitas. Alguém que vai comprar um vestido de noiva deseja vê-lo bem por isso faça algumas fotos em um fundo de cor neutra e preocupar-se de que a luz seja adequada. Escolha apenas as melhores.
  • Dê o máximo de detalhes possíveis na descrição. Além do tamanho, modelo, marca e preço, descreva o mais importante do vestido, desde bordados, sistema de fecho, tipo de tecido, decote e corte. E acima de tudo, não se esqueça de informar os pequenos defeitos que possa ter para evitar reclamações. A compradora deve saber tudo.
  • Defina um preço justo. O vestido perde valor quando sai da loja, por isso pense no estado em que se encontra, se você ajustou ou não, de que estação é e o que aconteceu até a venda, o quão popular é esse modelo… Tenha tudo isso em mente para não exagerar, você pode não recuperar o seu investimento, mas obterá um pequeno lucro.
  • Faça-o o quanto antes, já que quanto mais tempo você deixar passar, mais terá que baixar o preço pela antiguidade do modelo e a coleção a que pertence. Recomendamos que, se você está determinada, o faça logo após a lua de mel.