O buquê de noiva é um dos complementos mais importantes do casamento, já que fornece um toque de cor ao seu look. Vai estar em suas mãos seja de uma ou mais cores, tudo depende do que você procura transmitir.

Às vezes, a escolha do buquê de noiva não é tão fácil quanto parece. A cor, a forma, as flores que o compõem… São muitas decisões a tomar. Hoje em dia os buquês de noiva evoluíram muito até se tornarem verdadeiras obras de arte; neles se misturam diferentes tipos de flores, plantas e até frutas para que conseguir que sejam perfeitos e corresponda a imagem tão sonhada de qualquer noiva.
O clássico buquê de noiva que utiliza apenas uma cor ainda é a ordem do dia e existem muitas noivas que decidem usar um assim no dia do seu casamento. Geralmente são buquês muito elegantes para as noivas que gostam de tradição e do estilo mais clássico, embora sem deixar de lado certo toque chique.

Existem duas maneiras de conseguir um buquê monocromático e são as seguintes:

1. Utilizando a mesma flor para todo o buquê, conhecido como buquê de apenas uma flor. Desta forma, além de unificar a cor também se consegue um buquê muito uniforme a nível estético. Seriam assim os belos buquês de lírios, rosas ou peônias, por exemplo.

2. A outra forma de conseguir um buquê monocromático é combinar diferentes tipos de flores que coincidam nas cores. Neste caso, a cor mais fácil de utilizar seria provavelmente o branco, mas pode ser feito com qualquer outra, levando em conta que poderá ter diferentes tonalidades da mesma cor. Em caso de dúvida, consulte sempre o seu florista de confiança.

Se você se decidir pela segunda opção, escolha uma gama de cores na qual a diferença entre as tonalidades não seja excessiva. Lembre-se de tentar encontrar o equilíbrio e a coerência que um buquê exige.

E em ambos os casos, um toque de contraste na cor verde sempre parece ser bom, mas é claro não necessário. Neste caso, a sua escolha e os seus gostos são o que mandam.