As Tradições De Casamento Em Outros Países

Hoje propomos realizar uma volta ao mundo imaginária percorrendo as tradições de casamento de diferentes países.

Cada país tem suas próprias tradições de casamento, algumas são curiosas, outras chamativas, e algumas surpreendentes. Então, hoje propomos realizar uma volta ao mundo imaginária para conhecer algumas dessas tradições.

Casamentos alemães:

na Alemanha, uma semana antes do casamento se celebra o Polterabend (a noite do ruído). A este ritual assistem os amigos e os familiares do casal para quebrar objetos de porcelana, principalmente pratos, pois diz à tradição que os ruídos espantam os maus espíritos, e os pedaços de louça quebrada atraem boa sorte. Enquanto os convidados quebram a louça, o casal tem que ir varrendo os pedaços, por isso os convidados se revezam para assistir ao Polterabend, de maneira que o casal não possa deixar de varrer por toda a noite. Quando tudo acaba se coloca uma coroa de flores na porta da frente da casa do casal, que permanecerá ali até o dia do casamento.

Casamentos hindus:

uma das tradições mais marcantes dos casamentos hindus é a cerimônia do Mehndi Rat. Esta cerimônia consiste em fazer tatuagens de hena nas noivas, e marcar o início da sua nova vida como uma mulher casada. Algumas noivas escondem as iniciais do seu noivo entre os padrões de hena, diz à tradição que o noivo deve procurá-las, se não encontrá-las é a noiva quem deve assumir o comando do relacionamento, e se encontrar deve ser ele. Outra tradição conta que quanto mais escura for à cor da hena mais forte será a relação com a sua mãe.

Casamentos Afros Americanos:

na cultura afro americana existe a tradição de pular a vassoura.
Esta cerimônia é realizada no final do casamento, justamente quando o casal estará realizando a sua saída pelo corredor da cerimônia. Pular a vassoura simboliza a unificação do casal, deixar para trás o passado como solteiros e começar uma nova vida juntos. Também representa a fertilidade e a prosperidade para o casal. Esta tradição foi criada pelos escravos africanos. A eles não era permitido se casar, e por isso inventaram os seus próprios ritos e tradições para honrar e celebrar a sua união.

Casamentos judaicos:

uma das tradições mais conhecidas dos casamentos judaicos é a quebra do copo. O noivo deve quebrar com o pé direito um copo para lembrar a destruição do Templo em Jerusalém. Ao finalizar todos os convidados gritam “Mazel Tov”, que significa “boa sorte” em hebraico.