3 Dicas de Gravata Para o Noivo

Três propostas para o dia do casamento. Há questões que parecem ser exclusivo para o mundo masculino. Mas, como as noivas querem estar em tudo o que recai noivo e ajudar na preparação de seu terno do casamento para o dia do casamento vamos trazer algumas dicas quanto à gravata e seus nós.

Se o cara usa traje para ir trabalhar, certamente você já ajudou a fazer o nó da gravata… Ou você simplesmente aprecia a sua cor ou desenho ou ajuda a escolhê-la no momento da compra… Então, hoje nós queremos compartilhar com eles os tipos de nós usados ou recomendados para fazer a escolha certa.

No momento da seleção, é importante considerar o tipo de camisa, o tempo, e principalmente as características do pescoço, o que dará a aparência de mais jovem, ousado, moderno ou clássico.

Atar um nó na gravata é algo muito simples, mas alguns fazem quase que como um ritual que requer prática e que todo homem se adapta a sua maneira, uma vez que pega o jeito. Sem dúvida, a gravata é um suplemento que está presente em ocasiões especiais, como casamentos originais.

Hoje, nós vamos mostrar três tipos de nós possíveis para um casamento especial. Para fazer isso, nós projetamos as seguintes instruções que podem servir como um guia:

  • Nó Duplo Simples. Ideal para gravatas finas ou finas em espessura. Uma de suas grandes vantagens é que ele combina com quase todos os tipos de camisas. Semelhante ao nó simples, com a diferença que acrescenta mais uma volta para enrolar o empate em si mesmo. Quando a centragem é feita sobre a linha média do pescoço.

    Normalmente, um nó com volume ou um pouco espesso, é altamente recomendado para os noivos altura médio-baixo. Como o seu noivo é?

  • Windsor Knot. Muito aristocrático, não surpreendentemente, é um nó na garganta Inglês típico é feito de largura, aberta, uma vez que eles são volumosos, e perfeitos para os laços finos. Geralmente é o mais recomendado para os noivos têm pescoço comprido ou estilizado, como precisamente o que é ele diminui um pouco o comprimento do pescoço. Definitivamente um dos favoritos para os homens de médio ou pequeno porte.

    Embora não seja tão fácil de realizar, uma das chaves para alcançar com sucesso é que o nó deve situar-se entre os dois lados do pescoço, e esconder o último botão da camisa. Outro aspecto importante a considerar é que o vasto lateral da gravata deve estar na altura exata do cinto.

  • Nó Médio de Windsor. Perfeito para golas clássicas e de largura, é uma das opções mais recomendadas para gravatas também de tamanho padrão, fino, ou um pouco mais grosso. Embora muito semelhante ao nó de Windsor, caracteriza-se por ser mais fino e mais fácil e conveniente de realizar.

    Especialistas recomendam para camisas de colarinho clássico ou aberto. O que se destaca são a sua elegância e aparência triangular. Para dar um “sim” sofisticado.